PEDIDOS DE INFORMAÇÃO

DETALHAMENTO VOLTAR <<
Identificação: 537521717452 Assunto: Acesso ao Pré-natal - Mulheres encarceradas Ano: 2017
Transferiram o pedido: Não Andamento: finalizado Município: São Paulo / São Paulo
Autoria: Barbara Paes Destinatário: Tag: acesso á informação
Resumo: Sobre mulheres grávidas em situação de detenção nas penitenciárias do estado de São Paulo, solicitamos saber: a)Qual o número de mulheres grávidas presas nos anos de 2015 e 2016? Peço que discrimine os dados por raça/cor. b)Quantas dessas mulheres receberam tratamento pré-natal das mulheres dentro das penitenciárias? c)Qual o número de denúncias de violência obstétrica registradas por mulheres presas nos anos de 2015 e 2016? (sendo violência obstétrica definida pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo como ""apropriação do corpo e processos reprodutivos das mulheres por profissionais da saúde, por meio de tratamento desumanizado, abuso de medicalização e patologização dos processos naturais, causando perda da autonomia e capacidade de decidir livremente sobre seus corpos impactando na sexualidade e negativamente na qualidade de vida das mulheres"")"
Resposta: Acesso integral Forma: Por escrito Conteúdo:
Análise da ARTIGO 19: Satisfatória
Início: 23/10/2017 Prazo: 13/11/2017 Decisão: 09/11/2017
Links:
Arquivos:

Pedido completo